Andei Vendo · BEDA · Projeto Summer Season · Sobre Séries

Projeto Summer Season 2016: as Séries que já Assisti – Parte I

Lembram do Projeto Summer Season? (Se não sabe do que estou falando, clique aqui!) Então. Hoje estou aqui para falar um pouco do que já andei assistindo. :) Bora lá!

(clique no banner para visitar a página da série no IMDB)

Cleverman

Situada em um futuro próximo, a série acompanha um grupo de não-humanos lutando pela sobrevivência em um mundo onde os seres humanos se sentem cada vez mais inferiores e querem silenciá-los, explorá-los e matá-los.

Pra começar, achei o plot muito sem inovação. O mundo está dividido em dois tipos de seres, os humanos e os “não-humanos”, alguém que os humanos acham inferior, e baseada nessa premissa a série foca na guerra, no preconceito, na intolerância, na luta por igualdade, na marginalização,… Lembrou muito X-men, Distrito 9, as notícias que vejo no jornal das seis… :P Não é ruim mas não é muito a temática que chama a minha atenção. Não passei do piloto.

Feed the Beast

Tommy (David Schwimmer) e Dion (Jim Sturgess) são dois amigos à beira da falência emocional e financeira. Juntos, eles lutarão contra essa barra pesada alimentando um sonho: montar um restaurante de alta classe no lugar de onde vieram, o Bronx, mesmo após a perda de uma das idealizadoras do restaurante. Para crescer e vencer, eles terão de mostrar sua pior faceta, traindo e manipulando no trato com gente da pior espécie, de funcionários corruptos e pequenos criminosos a mafiosos violentos.

A.do.rei! Para mim, o episódio piloto foi perfeito! E olha que não costuma ser o tipo de série que curto… não chamaria minha atenção se não fosse pelo Projeto. Mas adorei o enredo, as intrigas, o drama bem balanceado e aquelas cenas do personagem Dion cozinhando… Sério! É de dar água na boca! Foi para a minha geladeira (onde coloco as séries que pretendo assistir… hahahahaha)

Braindead

Laurel (Mary Elizabeth Winstead) é a filha de um democrata que se afastou de Washington para se converter em uma documentarista. Mas quando seu irmão Luke (Danny Pino), um Senador, precisa de apoio político, ela volta à cidade para trabalhar em um congresso onde descobre que os extraterrestre comeram os cérebros de uma boa parte dos congressistas e funcionários, o que levou a uma paralisação do governo.

O que dizer dessa série que só mal assisti e já considero pacas? JURO que achei que o piloto não daria em nada mas confesso que NUNCA me diverti tanto (fica ali-ali com Modern Family!) Eu não curto comédias mas essa é outro nível! Imaginem todas as críticas a política possíveis e imagináveis com o plot de políticos acéfalos! Sério! É um humor negro MARAVILHOSO! A.DO.REI! As nuances, as críticas veladas (ou escancaradas como as frases iniciais), até a música! <3 E é a única série em que o Previously… é cantado! Gente, assistam! Sério. Vão com a cabeça aberta e assistam.

É claro que essa eu já estou acompanhando. Só espero que não seja cancelada. :/

Guilt

Guilt é um thriller que gira em torno de uma americana em Londres, que se torna a principal suspeita no assassinato selvagem de sua companheira de apartamento. Enquanto investigação se desenrola, os espectadores vão questionar se ela é uma menina jovem e ingênua, cujas decisões ruins de vida estão sendo ampliadas sob o olhar implacável dos tabloides britânicos, ou se ela é uma sociopata que assassinou brutalmente sua amiga.

Ah… minha paixão por suspense e mistério! <3 Não foi o melhor piloto mas promete! Gostei da história, do suspense e dos personagens. Se bem direcionada, tem tudo para dar certo! Está na geladeira mas quero tirar de lá o quanto antes. :)

Wrecked

Um avião cai em uma ilha remota no meio do oceano. Dois melhores amigos, junto a um grupo extremamente diversificado de sobreviventes, devem se ajustar à vida em meio a este mundo perigoso e algumas ameaças provocadas por eles mesmos.

Série totalmente zoeira. Até que curti. O episódio teve várias pegadas engraçadas, principalmente um gostosão-sabe-tudo-imitação-de-Jack-do-Lost. Falando em Lost, a série é basicamente uma sátira de Lost (pelo menos durante o piloto) rsrsrsrsrs. Mas apesar da diversão, não foi o bastante para me fazer continuar. Zoeira por zoeira, fico com Braindead (sério, assistam!) :)

Outcast

Outcast, série baseada em quadrinhos, conta a história de Kyle Barnes (Patrick Fugit), um rapaz que desde a infância, é cercado por possessões demoníacas. Kyle, mesmo descobrindo um dom único, pretende ter sua vida normal de volta. Porém antes, terá que desvendar todo mistério por trás desse mal que o atormenta.

A série é de terror. Tem possessão, demônios, crianças do mal… Não é muito a minha praia. O piloto foi mais ou menos, mas isso é muito pessoal. Se você curte esse tipo de tema, vai fundo porque a série parece que tem tudo para dar certo.


Só para lembrar que todas as minhas impressões sobre as séries são baseadas somente no episódio piloto. :)

Smacks pra vocês! ;*

Anúncios

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s