Andei Lendo

Resumão do que Andei Lendo #9

Misery: Louca Obsessão – Stephen King
Editora Suma de Letras – 326 páginas

Sinopse
“Paul Sheldon é um famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizados por Misery Chastain. No dia em que termina de escrever um novo manuscrito, decide sair para comemorar, apesar da forte nevasca. Após derrapar e sofrer um grave acidente de carro, Paul é resgatado pela enfermeira aposentada Annie Wilkes, que surge em seu caminho. A simpática senhora é também uma leitora voraz que se autointitula a fã número um do autor. No entanto, o desfecho do último livro com a personagem Misery desperta na enfermeira seu lado mais sádico e psicótico. Profundamente abalada, Annie o isola em um quarto e inicia uma série de torturas e ameaças, que só chegará ao fim quando ele reescrever a narrativa com o final que ela considera apropriado. Ferido e debilitado, Paul Sheldon terá que usar toda a criatividade para salvar a própria vida e, talvez, escapar deste pesadelo.”

O que achei
Que livro, meu povo, QUE LIVRO! De longe o melhor que li esse ano! É o meu segundo King, mas já posso afirmar sem medo que estou cada vez apaixonada pela construção psicológica de seus personagens. A leitura foi em audiobook e confesso que a interpretação do leitor contribuiu muito para a minha experiência com o livro. Acredito que o interprete é ator porque fiquei de cara com as vozes, os tons, a interpretação das falas e como ele conduziu a leitura em geral. O enredo também é ótima! King consegue construir algumas cenas maravilhosamente bem… Consegui sentir na pele algum dos tormentos sofridos por Paul. Tão bom conseguir ler algo tão maravilhoso… Acho que há tempos não me sentia assim. :)

Que nota dou: ★★★★★


Poirot Perde Uma Cliente – Agatha Christie
Editora Record – 288 páginas

Sinopse
“O livro, considerado uma das obras-primas de Agatha Christie, narra uma história bastante simples: uma velha senhora riquíssima sofre um estranho acidente, sobrevive, mas passa a desconfiar de tudo e de todos. Poderia ser um caso fácil para o detetive Poirot, se a srta. Arundell não tivesse morrido logo após ter escrito ao detetive relatando suas desconfianças.”

O que achei
Achei o desenrolar da trama e todo o mistério maravilhosos. Passeei entre dois ou três suspeitos mas o assassino foi o que eu menos esperava (pra variar). Poirot, ótimo como sempre e Hasting, de quem gosto muito, estava mais burrinho do que nunca… hahahahaha Acho que Poirot teve uma paciência monumental com ele em alguns momentos. Agatha Christie é maravilhosa em construir tramas tão elaboradas. Adoro! <3

Que nota dou: ★★★★☆


Ladrão de Casaca – Maurice Leblanc
Editora Abril Cultural – 190 páginas

Sinopse
“Um dos maiores clássicos da literatura policial e de aventura em luxuosa edição com tradução impecável. Brilhante, audacioso, sedutor, mestre do disfarce e do jiu-jítsu, Arsène Lupin é a irônica resposta francesa a Sherlock Holmes: um ladrão refinado e anarquista, espécie de Robin Hood da Belle Époque. Nas nove histórias que compõem essas primeiras aventuras, o irresistível anti-herói atormenta seus oponentes, zomba das convenções estabelecidas, ridiculariza a burguesia e ajuda os mais fracos.”

O que achei
Gostei bastante das aventuras do ladino mais charmoso da França (e provavelmente do mundo). São contos curtos mas com histórias interessantes e cheias das artimanhas de Lupin. Também curti o último conto, que além de brincar com a personalidade do mais famoso detetive (Herlock Sholmes! hahahaha), amarra o livro muito bem ao se conectar com o primeiro conto.

Que nota dou: ★★★★☆


Bear: vol. 2 – Bianca Pinheiro
Editora Nemo – 80 páginas

Sinopse
“A aventura continua enquanto Raven procura seus pais com a ajuda de Dimas, o urso. Seguindo o caminho após a Cidade das Charadas, eles agora chegam à Metódica, uma grande cidade preso sob uma maldição terrível! (Ou não.)”

O que achei
Raven e Bear continuam mais fofos do que nunca! E parece que a fofura é proporcional a capacidade de se meterem em confusão! hahahahahaha Amei a história mas achei a primeira melhor… E vamos para a terceira em breve! <3

Que nota dou: ★★★★☆


Smacks pra vocês! :*

Andei Lendo

Resumão do que Andei Lendo #8

O Clube Mefisto – Tess Gerritsen
Editora Best Bolso – 331 páginas – ❤❤❤

“A detetive Jane Rizzoli se une novamente à patologista Maura Isles para desvendar um crime assombroso. Na véspera de Natal, elas são chamadas para investigar o brutal assassinato de Lori-Ann Tucker. O corpo foi encontrado no apartamento da jovem, em meio a velas pretas e símbolos satânicos desenhados com sangue. Um segundo crime as leva a uma misteriosa organização: a Fundação Mefisto, que investiga forças ocultas. Profundamente envolvidas no caso mais incomum de suas carreiras, Rizzoli e Isles embarcam em uma jornada aterrorizante.”

É um livro bom mas nada na história foi tão surpreendente ou cativante. O livro vale mais pelo relacionamento das personagens Rizzoli e Isles (e para os fãs da série é impossível não fazer comparações) do que pela trama em si.


Psicose – Robert Bloch
Editora DarkSide – 240 páginas – ❤❤❤

“Livro que deu origem ao mais famoso filme de suspense de todos os tempos. Psicose conta a história de Marion Crane, que foge após roubar o dinheiro que foi confiado a ela depositar num banco. Ela então vai parar no Bates Motel, cujo proprietário é Norman Bates, um homem atormentado por sua mãe controladora. Belo suspense, de tirar o fôlego!”

É um livro bom mas não tem nada de excepcional. Talvez, para quem não conhece a história pelo filme ou pela série, o desenrolar da história seja surpreendente mas para quem já está familiarizado com Norman e a Mãe, nem tanto. Grande parte do sucesso da história cabe a Hitchcock mesmo. Mas vejam, realmente não é uma história ruim, vale a leitura. Mas vale também ver o filme e principalmente a série. A série (Bates Motel) é um primor. Enredo, atuações, desenrolar da história, tudo maravilhoso!


Morte na Mesopotâmia – Agatha Christie
Editora Record – 220 páginas – ❤❤❤

“Para a enfermeira Amy Leatheran, sua paciente era um caso muito estranho. Louise, casada com um famoso arqueólogo, sofria de angústia nervosa, segundo seu marido. Suas fantasias eram vívidas e macabras: uma mão decepada, um rosto cadavérico contra a vidraça… Mas de que ou de quem ela teria tanto medo? Perto do marido e de velhos colegas e amigos, ela estaria a salvo. Entretanto, a formalidade do grupo não parecia natural: pairava no ar uma tensão, um certo desassossego. Algo muito sinistro estava acontecendo. E tinha a ver com… assassinato. Mrs. Leidner é assassinada. Fora algo muito estranho pois ninguém vira pessoas circularem no pátio do local que dava acesso a cena do crime. Quem teria feito tal monstruosidade? Só uma pessoa poderia responder: Hercule Poirot.”

Pensei muito se dava dois ou três coraçõezinhos… Gostei de todo o desenrolar do livro mas achei o motivo meio WTF?!? e mal explicado. No mais, curti bastante essa jornada. Dame Christie sabe contar histórias de mistério como ninguém e é sempre um prazer cruzar com Poirot. <3


Turma da Mônica: Laços – Vitor Cafaggi, Lu Cafaggi
Editora Panini Comics – 84 páginas – ❤❤❤❤❤

“O Floquinho desapareceu. Para encontrar seu cachorro de estimação, Cebolinha conta com os amigos Cascão, Magali e Mônica e, claro, um plano “infalível”. Em Laços, os irmãos Lu e Vitor Cafaggi levam os clássicos personagens de Mauricio de Sousa a uma aventura repleta de emoção, lembrança e perigos.”

Que HQ apaixonante! Leve, divertida e engraçada! Foi minha primeira leitura da coleção Graphic MSP e simplesmente amei! Deu vontade de ler toda a coleção. <3


Smacks pra vocês! :*

Andei Lendo

Resumão do que Andei Lendo #7

A Sombra do Vento – Calors Ruiz Zafón
Editora Suma das Letras – 399 páginas – ❤❤❤

“Numa madrugada de 1945, em Barcelona, Daniel Sempere é levado por seu pai a um misterioso lugar no coração do centro histórico: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Lá, o menino encontra A Sombra do Vento, livro maldito que mudará o rumo de sua vida e o arrastará para um labirinto de aventuras repleto de segredos e intrigas enterrados na alma obscura da cidade, A busca por pistas do desaparecido autor do livro que o fascina transformará Daniel em um homem ao iniciá-lo no mundo do amor, do sexo e da literatura.”

Gostei mas está longe de ser minha leitura favorita. Achei-a arrastada por alguns capítulos e muito da história bastante previsível. O final me incomodou um pouco, mas a escrita de Zafón é uma delícia e muito fluída. Valeu por conhecê-lo.


Assassinatos na Academia Brasileira de Letras – Jô Soares
Editora Cia das Letras – 256 páginas – ❤

“Durante seu discurso de posse, o senador Belizário Bezerra, o mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras, cai fulminado no salão do Petit Trianon. A morte de outro confrade, em circunstâncias semelhantes – súbita, sem sangue e sem violência aparente -, traz uma tensão inusitada para a tradicionalmente plácida casa de Machado de Assis: um serial killer literário parecia solto pelo pacato Rio de Janeiro de 1924, e não estava pra brincadeira. Queria ver mortos todos os imortais.”

DETESTEI! Pra que enfiar sexo em qualquer buraco da história? E as mulheres tão estereotipadas, descritas de forma tão fúteis? Que açúcar tem o personagem Machado Machado que as mulheres levantam blusas, lambem peitos e dão loucamente? Péssimo enredo, péssimo personagens. Péssimo!


A Velha Senhora – Georges Simenon
Editora Nova Cultural – 142 páginas – ❤❤❤

“Um crime cometido. Um alvo errado. Verdadeira vítima: a velha senhora. Quem estava interessado em matar Valentine Besson? E por que, se sua morte não traria benefícios para ninguém?
O inspetor Maigret, seguindo sua intuição, parte para o convívio com os suspeitos e com o cenário do crime, e do improvável, até mesmo ilógico, desvenda os mistérios daquela intrigante investigação.”

Minha primeira leitura de Simonon e já curti o Maigret! Me lembrou um pouco de Poirot e Sherlock em relação ao método investigativo… parecem que estão perdidos durante a investigação mas no final tudo se encaixa perfeitamente, pegando o culpado e deixando todo mundo boquiaberto. Embora eu já imaginasse o desfecho, a leitura foi leve e divertida. :-)


Ninguém Vira Adulto de Verdade – Sarah Andersen
Editora Seguintes – 120 páginas – ❤❤❤❤

“As tirinhas certeiras de Sarah Andersen, que já contam com mais de 1 milhão de fãs no Facebook, registram lindos fins de semana passados de pernas pro ar na internet, a agonia de andar de mãos dadas com alguém de quem estamos a fim (e se os dedos ficarem suados?!), a longa espera diária para chegar em casa e vestir o pijama, e a eterna dúvida de quando, exatamente, a vida adulta começa.
Em outras palavras, este livro é sobre as estranhezas e peculiaridades de ser um jovem adulto na vida moderna. A sinceridade com que Sarah Andersen lida com temas como autoestima, timidez, relacionamentos e a frequência com que lavamos o sutiã torna impossível não se identificar com esses quadrinhos hilários e carismáticos.”

Leitura divertidíssima! Me identifique demais com vários quadrinhos. :)


Smacks pra vocês! :*

Andei Lendo

Resumão do que Andei Lendo #6

O Detetive Parker Pyne – Agatha Christie
Editora Record – 187 páginas – ❤❤❤

“Na página de classificados do The Times, um anúncio insiste em provocar curiosidade nos leitores: “Você é feliz? Se não for, consulte o Sr. Parker Pyne”. Depois de 35 anos compilando estatísticas em uma repartição pública, o detetive Parker Pyne decide empregar seu conhecimento de forma inovadora: salvando casamentos, acrescentando aventura ou dando sentido à vida de seus clientes.”

Livro com 12 contos onde o excêntrico detetive Parker Pyne é o personagem comum. Diferente dos detetives os quais estamos acostumados, Pyne soluciona os mais diversos tipos de problemas (amor, roubo, engano, tédio) das pessoas que respondem ao seu anúncio peculiar. Seus métodos de resolução não são os convencionais e seu senso de humor é único. Gostei demais do personagem e fiquei triste ao saber que ele só aparece num outro livro da escritora. Gosto do fato da Agatha Christie sair do seu senso comum e tentar histórias diferentes com personagens incomuns. :) Me lembrou muito de O Misterioso Sr. Quinn.


Bear, vol. 1 – Bianca Pinheiro
Editora Nemo – 64 páginas – 

“A pequena Raven tem um problema: de algum modo ela conseguiu se perder de seus pais e de seu lar. Em sua busca, ela se depara com um urso marrom (ou seria alaranjado?) que, apesar de rabugento, aceita ajudá-la nessa empreitada. A jornada desses dois acaba de começar.”

Gente, que fofura essa HQ! Raven e Bear são divertidos, engraçados e cativantes. Os dois juntos me lembram muito Masha e o Urso. Conquistaram meu coração e viraram favoritos. <3 Dá para conhecer mais sobre a história, os personagens e a autora aqui: Bear. Não deixem de conferir e se apaixonarem também. :)


Assassinatos na Rua Morgue e Outras Histórias – Edgar Allan Poe
Editora L&PM – 160 páginas – 

“O personagem central do conto Assassinatos na Rua Morgue, o francês Monsieur C. Auguste Dupin, através de um sistema próprio de dedução baseado na sua profunda capacidade de observação dos fatos, é capaz de ler os pensamentos do seu interlocutor e desvendar um dos mais intrincados e misteriosos casos de assassinato já enfrentado pela polícia francesa – o bárbaro duplo assassinato de mãe e filha num apartamento na rua Morgue.”

Tenho minhas ressalvas com Poe. Confesso que os contos obscuros que pendem para o sobrenatural simplesmente não vejo graça. Já contos como O Poço e o Pêndulo (de longe o meu favorito), Hop Frog e O Demônio da Perversidade que falam sobre a obscuridade, não sobrenatural, mas do próprio ser humano são o que me fascinam em relação a Poe. Ele consegue transcrever o terror e criar o clima de suspense de forma única! Acho que acima dele, só Lovecraft.


O Mistério da Casa Verde – Moacyr Scliar
Editora Ática – 79 páginas –

“Um grupo de amigos, liderados por Arturzinho, decide transformar o casarão abandonado da cidade de Itaguaí em um clube no qual pudessem escutar música alta sem ouvir reclamações por causa do barulho. Ao se deparar com um grande mistério, a turma acaba recorrendo ao conto O Alienista, de Machado de Assis, no qual o mesmo casarão, a Casa Verde, havia sido um hospício para estudar os loucos da cidade. Estudando o passado do século XIX, os amigos tentam compreender o presente e desvendar o mistério.”

Minha primeira leitura de Scliar. É um livrinho infanto-juvenil com uma aventura bem voltada para o público alvo. A parte interessante fica pelo fato do autor misturar a história dO Alienista a uma nova história. Gostosinho e rápido de ler.


Smacks pra vocês! :*

Andei Lendo · BEDA

Resumão do que Andei Lendo #5

Guia de Fotografia para IniciantesGuia de Fotografia para Iniciantes
Editora: Europa
Páginas: 192
O quanto eu gostei♥ ♥ ♥ ♥ ♥

No final de Março, ganhei de presente de aniversário uma Canon DSLR. Ela é linda, maravilhosa e super completa, mas havia um problema: eu sabia pouco sobre os conceitos de fotografia. Por isso, além das assinaturas de canais do YouTube, eu comprei esse Guia logo que dei de cara com ele na livraria. E não poderia ter dado mais certo. O livro é informativo e perfeito para quem é iniciante na arte. Ensina vários conceitos fotográficos, desde as partes físicas de uma DSLR, até como usar um flash acoplado. Dá noções de cor, iluminação e também pincela na edição das fotos. Apesar de ser sucinto nos temas abordados, as páginas são recheadas de exemplos de fotografia e qual a melhor configuração da máquina para poder tirar uma foto igual. :) Super indico!


Revelacao Mesmeriana

Revelação Mesmeriana
Autor: Edgar Allan Poe
Ebook
O quanto eu gostei♥ ♥

Minha leitura para o Desafio #12MesesdePoe do mês de Maio.

Na historia, o narrador conta para os leitores sobre sua pratica de hipnose, e como em uma de suas seções, um paciente que já estava muito doente, tem revelações sobre a vida, morte e tudo mais.

Vou dar uma de papagaio aqui e repetir o que falei sobre o conto de Abril no último resumão: não curti. Essa temática sobrenatural/religiosa não me agrada mesmo. Mas tenho certeza que vou encontrar contos melhores nos próximos meses. :)


A Vida Segunda Peanuts

A Vida Segundo Peanuts
Autor: Charles Schulz
Editora: L&PM
Páginas: 128
O quanto eu gostei♥ ♥ ♥

O que os personagens dos quadrinhos sabem sobre a vida? Muito. Este guia apresenta as clássicas e espirituosas observações de Charles M. Schulz sobre a condição humana, além de seus mais valiosos conselhos, por meio de seus personagens. 

Recebi da minha amora na caixa que ganhei de aniversário e li numa sentada. As frases são leves, divertidas e bem humoradas. Uma fofura! <3


O Mundo Pos-Aniversario

O Mundo Pós-Aniversário
Autor: Lionel Shriver
Editora: Intrínseca
Páginas: 542
O quanto eu gostei♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Minha leitura para o Desafio Corujesco do mês de Maio que tem como tema Um Livro Escrito por uma Mulher.

Decidi ler Lionel Shriver (mais do que na hora, já que me apaixonei por ela lendo Precisamos Falar sobre o Kevin) e devo dizer que não me decepcionou. Ainda acho Kevin imbatível mas o enredo desse é igualmente maravilhoso.

Sabe aqueles momentos da vida em que a gente se pergunta o que seria da nossa vida se tivéssemos escolhido A ao invés de B? Então. No livro, temos a história de um casal americano vivendo em Londres que têm um amigo em comum. Num certo momento da história, a mulher sente uma atração quase irresistível pelo amigo e é a partir daí que Lionel nos mostra dois caminhos: um em que mulher se entrega a essa paixão e outra em que ela se afasta. Dois caminhos, duas histórias. E nós ficamos sabendo uma das muitas faces do “e se”. Escrita maravilhosa, personagens profundos e reais. Vale cada página da leitura. Super indico!


Serraria Baixo-Astral

Serraria Baixo-Astral
Autor: Lemony Snicket
Editora: Cia das Letras
Páginas: 176
O quanto eu gostei♥ ♥ ♥ ♥

Na opinião de Lemony Snicket, “de todos os volumes que contam a vida infeliz dos órfãos Baudelaire, Serraria baixo-astral talvez seja o mais triste até agora”. Alto-Astral é o nome da serraria que serve de cenário para as novas calamidades que Klaus, Violet e Sunny serão obrigados a viver. Trata-se de uma “ironia do destino”, pois ali, no meio daquelas árvores derrubadas, daquelas enormes toras de madeira, o que as três crianças vão encontrar é mais uma coleção de coisas horripilantes, tais como uma gigantesca pinça mecânica, bifes do tipo sola de sapato, uma hipnotizadora e um homem com uma nuvem de fumaça no lugar da cabeça.

Dando continuidade a minha leitura de Desventuras em Série antes de sair a série, terminei de ler o quarto livro da saga. E afirmo com quase toda certeza que esses irmãos estão muito longe de ver a felicidade. Acho que até agora, é na Serraria onde o trio mais sofreu. Fico possessa de ver que não tem ninguém que tome a frente da vida dos Baudelaire para defendê-los! Os irmãos só encontram ou gente maléfica, ou gente condescendente, vou te dizer! As vezes, rola raiva mesmo. Só espero que o final seja feliz. Mesmo. (Mas duvido.)


Maus

Maus
Autor: Art Spiegelman
Editora: Quadrinhos na Cia
Páginas: 296
O quanto eu gostei♥ ♥ ♥ ♥ ♥

QUE. GRAPHIC NOVEL. MARAVILHOSA.!!!!!!!

Conta a história de Vladek, pai do Art, antes, durante e depois da Segunda Guerra Mundial. Vladek era judeu e morava na Polônia e sobreviveu aos horrores da guerra. O livro é um clássico contemporâneo e ganhou o Pulitzer de Literatura. Na graphic, os judeus são retratados como ratos (por isso Maus – ratos em alemão), os alemães como gatos, americanos como cachorros… O relato da história de Vladek é intercalado com a da época em que Art estava entrevistando o pai para saber mais de sua vida. Obra-prima, master, mega, blaster, perfeita! Leiam!


Saldo de leitura até o momento: 32 livros da meta de 50 no ano.

Smacks pr’ocês! ;)