Desafio Corujesco · Projetos e Desafios · Sobre Livros

Desafio Corujesco 2019

 Banner Desafio Corujesco 2019

 

Que nem fênix renascida das cinzas, eu retorno!

Mas retornas pra quê, Tábata?

Pra avisar que vai ter Desafio Corujesco 2019!

Cumprimos o de 2018? Não cumprimos o de 2018. Isso é motivo pra desistir? Não é motivo pra desistir.

Esse ano resolvi fazer um pouco diferente. Não vou escolher agora o livro que pretendo ler, até porque costumo mudar minha vibe de leitura durante o ano, mas deixarei listadas algumas opções que tenho na estante. Assim fica fácil retornar ao post e saber o que posso escolher.

Eis o desafio, que, como sempre, é o resultado de uma parceira muito gostosa com Lu <3

E nas palavras dela: “Como de costume, janeiro e dezembro são meses livres, porque costumam ser períodos mais complicados para assumir obrigações literárias… nossa lista de temas então começa em fevereiro, então… vamos a ela!”


Fevereiro – Um clássico brasileiro

Lemos autores como Machado de Assis, Álvares de Azevedo, José de Alencar e companhia na época da escola, quando temos muita pouca maturidade ou mesmo desejo de apreciá-los. Muita gente acaba pegando ranço de ler por isso ou então passa a detestar esses autores. Então esse será uma mês para dar uma segunda chance aos clássicos da literatura brasileira – ou uma primeira chance, se nunca tiver tido oportunidade de lê-los.

Na Minha Estante: Um Certo Capitão Rodrigo de Érico Veríssimo, Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis, Os Sertões de Euclides da Cunha.

Março – Um livro sobre música

Pode ser um título musical, um enredo que envolva música, banda, cantores ou até um personagem que seja músico. Quem sabe a música em si como protagonista? As opções são infinitas!

Na Minha Estante: Eleanor & Park de Rainbow Rowell, Ecos de Pam Muñoz Ryan, Os Prós e os Contras de Nunca Esquecer de Val Emmich.

Abril – Um livro com adaptação a ser lançada em 2019

Há vários títulos que serão lançados em telinhas e telonas esse ano. Para quem precisa de ajuda pesquisando que livros cabem no tema, a Lu indica esse artigo aqui.

Na Minha Estante: Um Tom Mais Escuro de Magia de V.E. Schwab, A Melodia Feroz de V.E. Schwab, O Demônio na Cidade Branca de Erik Larson.

Maio – Um livro com um protagonista anti-herói/vilão

Anti-herói ou vilão; o importante é que seja o protagonista. Só porque a gente adora ter um malvado favorito. <3 (E apesar de usar o artigo masculino, super apoio a escolha de uma protagonista feminina que se encaixe no tema. GLR PWR!)

Na Minha Estante: O Sol por Testemunha de Patricia Highsmith, O Conde de Monte Cristo de Alexandre Dumas, Crime e Castigo de Dostoyevsky, Watchmen de Alan Moore, Um Estranho no Ninho de Ken Kesey, Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco de Fleet Street de Thomas Peckett Prest, James Malcolm Rymer.

Junho – Uma obra latino-americana

Um desafio significa sair de sua zona de conforto, então Junho vai ser para ler algum dos clássicos latino-americanos, e há vários que cabem no tema.

Na Minha Estante: Contos de Amor, de Loucura e de Morte de Horácio Quiroga.

Julho – um livro ambientado nos anos 20

Bora ler história ambientadas nos famosos “anos loucos”! A prosperidade, a liberdade recém adquirida das mulheres, a moda, o jazz, o art-déco, a Semana da Arte Moderna, a Grande Depressão… impossível não encontrar leituras maravilhosas com os anos 20 como pano de fundo.

Na Minha Estante: O Fio da Navalha de W. Somerset Maugham, alguns da Agatha Christie.

Agosto – Um livro com personagens que não sejam humanos

O tema é bastante auto-explicativo. Vale ser fábulas com animais ou sci-fi com homenzinhos verdes ou mesmo fantasia com elfos e fadas e outras criaturas mitológicas ou folclóricas.

Na Minha Estante: A Longa Viagem a Um Pequeno Planeta Hostil de Becky Chambers, Eu, Robô de Isaac Asimov.

Setembro – Um livro escrito por alguém até 30 anos

E é só isso mesmo. O autor tem que ter até 30 anos na época em que escreveu o livro.

Na Minha Estante: Extremamente Alto & Incrivelmente Perto de Jonathan Safran Foer.

Outubro – Um releitura

Lu diz: “Gosto de descobrir versões diferentes de histórias que amo ou que repensam conceitos de histórias que acho… complicadas. Acho legal a ideia de repensar um determinado enredo, de dar a ele um novo ponto de vista, de adicionar ou questionar elementos que faziam parte da época em que foram escritos e assim colocá-los para julgamento diante de nossa sensibilidade moderna.”

Na Minha Estante: Memórias Desmortas de Brás Cubas de Pedro Vieira.

Novembro – Um livro escrito a quatro mãos

É hora de ler um livro escrito por uma dupla! Se um autor já é capaz de maravilhas na literatura, quiçá dois!

Na Minha Estante: Como Ler Livros de Mortimer J. Adler e Charles Van Doren, A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata de Mary Ann Shaffer e Annie Barrows.


Smacks pra vocês! ;)

Aleatoriedades · Freebies

Desafio Rory Gilmore: a lista completa para baixar e imprimir gratuitamente!

Checklist Desafio Rory Gilmore

E finalmente chegou a hora do checklist do Desafio Rory Gilmore!

(para quem não viu, já disponibilizei a lista de 1001 Livros para Ler Antes de Morrera lista de 100 Livros Essenciais da Literatura Brasileira e a lista do Projeto Agatha Christie).

Com isso, fecho os checklists de projetos e desafios literários. Fiz dos 4 que eu mesma acompanho e dos quais tenho conhecimento que sejam os mais “famosinhos” entre os bibliófilos, mas se vocês sabem de algum outro desafio/projeto que gostariam que virasse listinha pra imprimir, avisem nos comentários pra que eu possa conhecê-lo!

Como de práxis, estou disponibilizando nas versões A4 e A5 (bullet journal).

Espero que gostem!

Clique aqui para baixar a versão – folha A4

Clique aqui para baixar a versão – folha A5 (bullet journal)

Smacks e até!

Desafio Corujesco · Projetos e Desafios · Sobre Livros

Desafio Corujesco 2018

Banner desafio corujesco 2018

2018 está aí, virando a esquina e estou muito feliz em fazer essa colab maravilhosa pelo segundo ano consecutivo com a Lulu no Desafio Corujesco! <3

Cada uma escolheu 5 temas para pautarmos nossas leituras no ano que está por vir. Espero que vocês curtam e se empolguem a participar também. Além da apresentação dos temas e da minha escolha, indicarei alguns outros livros que se encaixam no tema, para não faltar opções, caso você queira participar. :-)


Fevereiro – Uma Aventura no Mar

A maior parte do planeta está debaixo d’água. Para além disso, o mar sempre exerceu um enorme fascínio no ser humano; um lugar de mistérios, uma estrada que nos liga a lugares longínquos; uma paixão, um horror, uma aventura: o mar pode ganhar muitos significados a depender do personagem e do leitor.

Minha Escolha: As Aventuras de Pi de Yann Martel
Outras opções: 
20.000 Léguas Submarinas de Jules Verne, O Velho e Mar de Ernest Hemingway, O Lobo do Mar de Jack London, Moby Dick de Herman Melville, Mar Morto de Jorge Amado, Tubarão de Peter Benchley.

Março – Um Livro, uma Estação

Um livro com uma estação do ano no título e/ou no enredo.

Minha Escolha: Aconteceu Naquele Verão de Autores Diversos
Outras opções:
Sonho de Uma Noite de Verão de Shakespeare, O Verão que Mudou Minha Vida de Jenny Han, Neve na Primavera de Sarah Jio, Cores de Outono de Keila Gon, O Outono do Patriarca de Gabriel Garcia Marquez, O Palácio de Inverno de John Boyne.

Abril – Uma História Oriental

Fica a critério do leitor o que quer entender como oriente: uma localização geográfica, cultural ou econômica, fato é que devemos de vez em quando fugir ao eixo Europa-EUA de nossas leituras.

Minha Escolha: Balzac e a Costureirinha Chinesa de Dai Sijie
Outras opções: Os Melhores Contos Orientais de Antônio Daniel Abreu e Yara Camillo, O Livro da Paz de Heloisa Prietto, Minha Querida Sputnik de Haruki Murakami, 1Q84 de Haruki Murakami, Trilha Estreita ao Confim de Matsuo Basho, As Mil e Uma Noites de Antoine Galland.

Maio – Uma História sobre Livros

Tema bastante autoexplicativo. Quer coisa melhor que um livro que fale sobre livros?

Minha Escolha: Coração de Tinta de Cornelia Funke
Outras opções:
o ano passado fiz um post aqui no blog com uma lista de 100 livros sobre livros, vale a pena (re)ler!

Junho – Uma História de Família

Pode ser uma história que abarque gerações de uma mesma família ou um drama familiar mais conciso. Pode ser tipo aquela macarronada de domingo em que todo mundo se reúne e todo mundo se mete na vida de todo mundo ou aqueles enredos de pais e filhos que não conseguem conviver. O importante é ter família, em conflito ou em harmonia, cheia de segredos e esqueletos no armário ou que lava a roupa suja em público, o gosto é do leitor.

Minha Escolha: Extremamente Alto & Incrivelmente Perto de Jonathan Safran Foer
Outras opções:
Cem Anos de Solidão de Gabriel Garcia Marquez, Dois Irmãos de Milton Hatoum, Precisamos Falar sobre o Kevin de Lionel Shriver, O Duque e Eu de Julia Quinn, Razão e Sensibilidade de Jane Austen, Paula de Isabel Allende.

Julho – Uma História Pós-Apocalíptica

Um livro que tenha um cenário apocalíptico ou pós-apocalíptico, onde a sociedade como conhecemos tenha sido destruída. Podem ter explodido a terra ou tornado ela inabitável; pode ser que estejamos morando nos subterrâneos ou num trem a toda velocidade… mas o conflito e as mudanças causadas pelo ‘fim do mundo’ como o conhecemos têm de aparecer por aqui.

Minha Escolha: O Circo Mecânico Tresaulti de Genevieve Valentine
Outras opções:
Vivian contra o Apocalipse de Katie Coyle, A Batalha do Apocalipse de Eduardo Spohr, O Último Homem de Mary Shelley, Eu Sou a Lenda de Richard Matheson, O Mundo Submerso de J.G. Ballard, A Estrada de Cormac McCarthy.

Agosto – Uma História em Tempos de Guerra

Uma história que aconteça no nosso mundo ou mesmo num lugar e época ficcionais: histórias que se passam em tempos de guerra são um bom exercício para entendermos empatia, coragem e desespero, para vermos o que há de melhor e pior no ser humano. São histórias necessárias, sem dúvida alguma.

Minha Escolha: Doutor Jivago de Boris Pasternak
Outras opções:
A Guerra dos Tronos de George R. R. Martin , A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak, A Guerra do Fim do Mundo de Mario Vargas Llosa, A Guerra que Salvou a Minha Vida de Kimberly Brubaker Bradley, O Menino do Pijama Listrado de John Boyne, O Diário de Anne Frank.

Setembro – Uma História narrada em Primeira Pessoa

E é isso. :-) Precisa de mais?

Minha Escolha: A Mulher do Viajante do Tempo de Audrey Niffenegger
Outras opções:  
A Amiga Genial de Elena Ferrante, O Sol é para Todos de Harper Lee, O Lobo da Estepe do Hermann Hesse,  Lolita de Vladmir Nabokov, O Lobo do Mar de Jack London, Dom Casmurro de Machado de Assis.

Outubro – Uma História que te Provoque Risos

Também não precisa explicar muito, não é mesmo? A essa altura, já estamos chegando no fim do ano e um pouco de risada para ajudar com o estresse é simplesmente necessário.

Minha Escolha: O Bíblia do Caos de Millôr Fernandes
Outras opções:
Alucinadamento Feliz de Jenny Lawson, Cotoco de John van de Ruit, A Menina de Vinte de Sophie Kinsella, A Extraordinária Viagem do Faquir Que Ficou Preso Num Armário Ikea de Romain Purtólas, Cadê Você Bernadette? de Maria Sample, Aconteceu em Paris (Molly Hopkins

Novembro – Uma história com Teoria da Conspiração

Histórias de organizações secretas que tramam e acobertam uma situação ou evento da humanidade.

Minha Escolha: O Dossiê Pelicano de John Grisham
Outras opções:
A Conspiração da Aranha de James Patterson, A Conspiração Mozart de Scott Mariani, Da Vinci do Dan Brown, O Nadador de Joakim Zander, A Conspiração de Clive Cossler, Janeiro – Conspirancy 365 de Gabrielle Lord.


Smacks pra vocês! ;)

#12MesesdePoe · Projetos e Desafios

(Mais um) Desafio #12MesesdePoe

#12MesesdePoe

Eu já tinha cruzado com esse Desafio no final do ano passado mas não dei muita bola por dois motivos: 1. era MAIS UM desafio (não desmerecendo o Desafio, quis dizer que era mais um além daqueles que já participo); 2. eu nunca tinha lido nada de Poe. Então acabei não dando a devida importância #shameonme.

MAS esse ano cruzei com o conto O Poço e o Pêndulo e resolvi lê-lo e, minha gente, que experiência foi essa? Simplesmente pirei durante a leitura e me apaixonei por Poe. Agora quero ler tudo dele! Um sensação muita parecida de quando li meu primeiro Lovecraft.

Então assistindo a um vídeo do Pipoca Musical, já nesse ano, cruzei com o Desafio novamente e com uma outra visão de Poe na cabeça, fui dar uma olhada para saber como é que funcionava. E não é que é um Desafio bem tranquilo? Consiste basicamente em ler um conto de Poe por mês, o que foi o suficiente para que eu decidisse participar. :)

A Anna, criadora do Desafio, escolheu 12 contos, alguns conhecidos, outros nem tanto, de Poe para lermos um em cada mês do ano. Os contos têm em média entre 5 e 7 páginas (excetuando o conto de Julho que tem 33), o que deixa tudo mais tranquilo para encaixar mais essa leitura entre tantas no mês. Então sem desculpa para participar, hein!

Para saber quais são os contos, como funciona e como participar, é só ir até a página do Desafio!

Smacks pra vocês! ;*

Desafio Corujesco · Projetos e Desafios

Desafio Corujesco 2016

desafio corujesco

Então que a Lulu lançou o Desafio Corujesco novamente e eu fiquei feliz. Mesmo não conseguindo cumprir o de 2015 por completo, quero me arriscar e tentar cumpri-lo de vez esse ano. Tá até na minhas metas para o ano de 2016. :)

Sem mais delongas, vamos às minhas escolhas. Escolhi livros que estão na minha estante e na minha estante somente. Nada de emprestado, nada de comprar, nada de ebooks. A ideia é ler o que está parado por lá.

Janeiro: Um Livro Escrito em Cartas

Minha Escolha: Os Sofrimentos do Jovem Werther – Goethe

Fevereiro: Um Livro Vencedor de Algum Prêmio

Minha Escolha: Perfume, A História de Um Assassino – Patrick Süskind, ganhador da categoria Melhor Romance do Prêmio World Fantasy de 1987

Março: Um Livro de uma Lista

Minha Escolha: Memorial do Convento – José Saramago, que consta na lista de 1001 Livros pra Ler Antes de Morrer

Abril: Um Livro com Título Bem Longo

Minha Escolha: Como Quebrar a Maldição de um Dragão – Cressida Cowell

Maio: Um Livro Escrito por uma Mulher

Minha Escolha: O Mundo Pós-Aniversário – Lionel Shriver

Junho: Um Livro com um Personagem Animal

Minha Escolha: Maus – Art Spiegelman

Julho: Um Livro de Não-Ficção

Minha Escolha: O Andar do Bêbado – Leonard Mlodinow

Agosto: Um Livro com Número no Título

Minha Escolha: Os Sete Crimes de Roma – Guillaume Prévost

Setembro: Um Livro Publicado no Ano do seu Nascimento

Minha Escolha: A Herdeira – Sidney Sheldon

Outubro: Um Livro com Título de uma Palavra Só

Minha Escolha 1: Quarto – Emma Donoghue
Minha Escolha 2: Maldosas – Sara Shepard

Novembro: Um Livro para Terminar em Um Dia

Minha escolha: Sinal e Ruído – Neil Gaiman

Dezembro: Um Livro Publicado esse Ano

Minha Escola: ainda a decidir

Força na peruca e foco pra cumprir essa listinha! :)

Smacks pra vocês! ;)